terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Aumento das Pensões


Os reformados vão ter mais dinheiro em 2009!!!!!

A decisão do Governo de dividir o aumento extraordinário das pensões por todo o ano de 2008 vai beneficiar os pensionistas em 2009, porque a taxa de actualização vai incidir sobre uma base mais elevada, explicou o secretário de Estado da Segurança Social .


As pensões eram, tradicionalmente, actualizadas em Dezembro, mas, este ano, com a nova Lei, ficou definido que os aumentos passam a vigorar a partir de Janeiro.
«Ter as actualizações em Dezembro fazia com que estas actualizações não fossem coerentes com o resto do sistema, em que as actualizações são feitas em Janeiro», disse à agência Lusa o secretário de Estado da Segurança Social, Pedro Marques.
Para compensar a actualização relativa ao mês de Dezembro, a lei determina que, «em Janeiro de 2008, a actualização decorrente da aplicação das regras previstasé acrescida de um aumento extraordinário equivalente a 2/14 do aumento normal do pensão».
O Governo decidiu, pela interpretação que faz da lei, pagar o aumento que era devido em Dezembro a prestações, dividindo-o por todos os meses de 2008, em vez de o pagar de uma vez só no primeiro mês do ano, decidindo, também, que esse dinheiro do mês de Dezembro fosse integrado no valor nominal da pensão.
Em declarações à Lusa, Pedro Marques afirmou que esta forma «garante que 90 por cento dos pensionistas ganhem poder de compra» e que, se o pagamento fosse feito num só mês, «700 mil pensionistas perderiam poder de compra». Não entendo??? serei burra ou loira???
Estas decisões não alteram o que os pensionistas vão receber, em dinheiro, no conjunto deste ano, mas têm impacto no que vai acontecer no próximo ano, porque a base sobre a qual incidirá a actualização de 2009 será maior.
Isto acontece porque, apesar de o aumento definido da velha para a nova pensão ter sido de 2,4 por cento, o facto de o Governo ter decidido dividir o valor devido por Dezembro pelos restantes meses do ano, integrando-o na pensão, faz com que o aumento da velha para a nova pensão seja, na prática, de 2,7 por cento.
De outra forma: se um pensionista ganhava 100 no ano passado, com o aumento de 2,4 por cento, passa a ganhar 102,4€ nos 14 meses previstos (12 meses do ano, acrescidos de subsídios de férias e Natal).
Só que, ao adiar-se o aumento por um mês e ao dividi-lo pelos restantes 13 meses, cada pensionista receberá 102,7€ por mês e é sobre essa base que será calculado o valor do próximo ano. Que grande diferença não acham??
O secretário de estado explicou que se pagassem tudo em Janeiro, no mês seguinte os pensionistas iriam ter uma grande desilusão ao ver a quantia diminuir consideravelmente...
Este homem vai longe vai........

7 comentários:

Rosa Maria disse...

Isto é daquelas notícias que não sei se é para rir ou para chorar.
A desculpa é tão esfarrapada que só apetece mandar aquela gente para um sitio que eu cá sei.

Beijos

AL disse...

da pensão do meu marido recebi um aumento de 3,78€, veja lá isto dividido por 14 meses vou receber a mais neste ano os tais 3,78€ + 0,27€ veja só!!! parece que estão a gozar com a nossa cara não é? eu tenho a minha reforma do estado, mas aquelas pessoas que tem só uma pensão de miséria?? é para chorar acho eu!!!e ainda tem a lata de dizar que para 2009 vai ser melhor!!!!! estão a gozar, só pode mesmo!!!!
Beijos e espero que estej melhor

Flora disse...

Já voltaram atrás! Vão dar o aumento de uma vez só. Diz o Zé (aquele a quem chamam 1º Ministro) que é para não acharem que o Estado é mesquinho e quer ficar com o dinheiro das pessoas!

Não fosse a miséria e dava vontade de rir.

Beijos

Mad disse...

Deixe lá, tia Aninhas, o que é preciso é saúde e força para me fazer mais patês de azeitona (eh eh eh)!

Beijinhos e mais uma vez obrigada pelo jantar!

AL disse...

mad
Pois é! isto são tretas ..... Oxalá a saúde não me falte para poder oferecer aos amigos mais jantares assim! e ainda bem que gostou, mas foi simples......e o paté foi em primeira mão, mas saiu uma maravilha!
Obrigado eu pela companhia, adorei revê-la e para a próxima tem de se com o Diogo tá!Espero que esteja melhor da perna.
Beijos

Mad disse...

Já rebentou, graças a Deus!!! Já posso guiar e mais uns diazinhos e estou pronta para outra.
Beijinhos! Para a semana que vem vão lá jantar à Azambuja.

sagitario disse...

as nossas pensões, são na maioria muito baixas, em virtude de os nossos ordenados durante a nossa carreira profissional serem dos mais baixos da Europa.

Mas se os governos se preocupassem com as pessoas, então sim, nós os reformados deveriamos ter mais apoios, a nível de saude, de cultura e noutros campos.
Foi realmente ridiculo, que os rectroactivos das pensões fossem pagos em 14 prestações, mas esse acordo foi negociado na consertação social entre sindicatos entidades patronais e governo, o que ainda é mais grave.
Realmente vivemos num pais de desigualdades, onde uns vivem na maior sem fazer nada e outros trabalham uma vida inteira e nada têm